Especialistas contam como resolver os maiores problemas de beleza do verão

Usar os produtos certos ajuda a combater os transtornos de pele e cabelos mais comuns na temporada de calor

RIDOFRANZ/ISTOCK

RIDOFRANZ/ISTOCK

 

O verão começa apenas no dia 21 de dezembro, mas com as temperaturas mais altas já é possível sentir os efeitos da estação. Se por um lado ela vem acompanhada de bons momentos em frente à piscina ou ao mar, quando o assunto é beleza a temporada pode trazer uma série de transtornos. Descubra os mais comuns para a pele e cabelos, e como se livrar deles.

 

 

 

 

 

NA PELE 

VERMELHIDÃO 

CREMES COM ALOE VERA E CAMOMILA ACALMAM A PELE AVERMELHADA. FOTO: 5NIKOLAS5/ISTOCK

CREMES COM ALOE VERA E CAMOMILA ACALMAM A PELE AVERMELHADA. FOTO: 5NIKOLAS5/ISTOCK

Provavelmente você já ficou exposta ao sol por tempo suficiente para acabar com a pele vermelha e levemente ardida, uma sensação que pode ser bastante incomoda. “A dica básica para esse caso de queimadura grau 1 é apostar na hidratação da pele e em compressas geladas para aliviar o ardor. ALGUNS EXTRATOS NATURAIS, COMO ALOÉ VERA E CAMOMILA, TEM PROPRIEDADES CALMANTES que são interessantes nesse estado, então vale procurar produtos com eles”, explica o dermatologista GABRIEL SAMPAIO.

BOLHAS

Em casos mais graves, a vermelhidão e o ardor podem ser acompanhados de pequenas bolhas, e é preciso tomar uma série de cuidados para evitar danos maiores: “Aqui A ORIENTAÇÃO É NÃO MANIPULAR A CAPA DA BOLHA, PORQUE ESSA PELE SOBRE ELA FUNCIONA COMO UM CURATIVO NATURAL. Não aplique nenhum produto caseiro sobre elas, como creme dental. O ideal é ir ao dermatologista para ver se precisará de pomadas com corticoides ou específicas, que ajudam a reduzir o risco de cicatrizes”.

DESCAMAÇÃO

HIDRATE A PELE ASSIM QUE SAIR DO BANHO E EVITE A ESFOLIAÇÃO. FOTO: G-STOCKSTUDIO/ISTOCK

HIDRATE A PELE ASSIM QUE SAIR DO BANHO E EVITE A ESFOLIAÇÃO. FOTO: G-STOCKSTUDIO/ISTOCK

Exagerou no sol e agora a pele está descascando? Controle aquela vontade de puxar e aumente a hidratação. “Ela pede apenas hidratação e medidas simples, como evitar os banhos quentes e PASSAR O HIDRATANTE COM A PELE AINDA ÚMIDA, PORQUE ELA ACABA ABSORVENDO MELHOR O PRODUTO NOS PRIMEIROS CINCO MINUTOS APÓS SAIR DO CHUVEIRO. Não faça esfoliação e nem puxe, porque isso pode provocar um trauma maior, manchas e até cicatrizes”, alerta.

 

OLEOSIDADE EXCESSIVA

Outro problema típico da estação é a oleosidade, que aumenta muito em qualquer tipo de pele. “O calor ativa as glândulas sebáceas e faz com que elas produzam mais sebo, por isso a oleosidade aumentada. Para compensar esse aumento natural é preciso LAVAR O ROSTO COM MAIS FREQUÊNCIA UTILIZANDO PRODUTOS ADSTRINGENTES E PRIMERS, HIDRATANTES E PROTETORES SOLARES COM TOQUE SECO OU MATIFICANTES”, aconselha. Os poros também tendem a ficar mais dilatados por conta do problema, o que se resolve com os mesmos itens.

NOS CABELOS 

OXIDAÇÃO DA COR 

PRODUTOS ESPECÍFICOS E LEAVE-INS COM PROTEÇÃO SOLAR PREVINEM A OXIDAÇÃO DA COR. FOTO: ANETLANDA/ISTOCK

PRODUTOS ESPECÍFICOS E LEAVE-INS COM PROTEÇÃO SOLAR PREVINEM A OXIDAÇÃO DA COR. FOTO: ANETLANDA/ISTOCK

Tem fios tingidos? Então você provavelmente já reparou que a cor muda com mais facilidade, aumentando a necessidade de retoque. “Para que não aconteça você precisa usar xampus e condicionadores específicos, e APLICAR UM LEAVE-IN COM PROTEÇÃO TÉRMICA E SOLAR. Outra dica é lavar o quanto antes sempre que sair do mar e da piscina, porque o depósito de sal, cloro e a ação do sol danificam”, adverte o hairstylist GUILHERMO JORGE, do salão Corte&Cortes.

 

LOIRO AMARELADO OU ESVERDEADO

Os cabelos loiros tendem a ficar amarelados e até verdes nessa fase do ano, o que leva muitas mulheres a tentarem uma solução em casa. “Elas costumam passar de tudo, mas euACONSELHO APENAS O USO DO XAMPU NEUTRO. Lave duas ou três vezes esfregando bem e deixando agir por dois ou três minutos e então enxague. Se não resolver busque um profissional, que vai conseguir recuperar a cor sem estragar o fio. Aqueles xampus clareadores disponíveis no mercado sempre promovem uma descoloração leve, então você corre o risco de ressecar demais ou até manchar”, conta.

RESSECAMENTO

Sal, químicas, cloro, sol e até mesmo levar demais às mãos aos cabelos acabam por danificar o fio, gerando um ressecamento excessivo. “O que faz muita diferença é usar produtos adequados, porque um produto errado acaba abrindo a fibra e ressecando ainda mais. Aumentar o tratamento também é essencial, tanto no salão quanto em casa. VÁ AO SALÃO FAZER O TRATAMENTO, QUE DEVERÁ SER INDICADO PELO ESPECIALISTA, E ENTÃO PERGUNTE O QUE VOCÊ DEVE USAR DE MÁSCARA SOZINHA e quando deve ser o seu retorno. A periodicidade sempre muda de fio para fio”, aponta.

 

Fonte: Veccomm

 

 

 

 

 

0 comentários

Escreva um Comentário

Campos com * são obrigatórios